LOCAL

LIGAR

CHAT

11 3674-5500

BUSCA

CIDADE

Caminhos da Lapa na imprensa
O grandioso projeto do complexo Caminhos da Lapa foi destaque na Folha de S. Paulo, no caderno Morar. 


Confira abaixo a matéria:

Condomínios gigantescos chegam à Lapa com ciclovias e áreas públicas
O bairro da Lapa, na zona oeste da capital paulista, tem chamado a atenção de construtoras em busca de espaço e boa localização para empreendimentos de números superlativos.

O Caminhos da Lapa, realizado em parceria pela Helbor, Tegra e Toledo Ferrari, tem dois condomínios de seis torres já lançados. A previsão é lançar ao menos mais cinco empreendimentos no terreno, passando dos 3.500 apartamentos disponibilizados.

Para se ter uma ideia do volume destoante, nos últimos quatro anos, de 2014 até agosto de 2018, a Lapa recebeu 3.041 novos apartamentos no total, de acordo com dados do Secovi-SP (sindicato de habitação).

 
Ilustração da área comum do Caminhos da Lapa, da Helbor, Tegra e Toledo Ferrari

"É praticamente um bairro", resume Marcelo Bonanata, diretor de vendas da Helbor. "Mas é claro que estamos falando de um projeto de longo prazo, de no mínimo cinco anos, mas que pode chegar a dez anos", explica.

Ocupando uma área de quase 150 mil metros quadrados, os empreendimentos fincam base em dois terrenos vizinhos, antes ocupados por galpões e fábricas comuns na região, perto da Vila Anastácia.

"Compramos o terreno há cerca de sete ou oito anos. Era um outro momento do mercado, mas já se vislumbrava um grande potencial de desenvolvimento da região", afirma Bonanata.

Carlos Eduardo Toledo, sócio da Toledo Ferrari, coproprietária do terreno junto com a Helbor, explica que a junção do espaço com a área vizinha, de propriedade da Tegra, foi um movimento estratégico.

"Não havia vantagem em lançar produtos tão parecidos e competir entre nós mesmos para atender um público da mesma faixa de renda", conta.

As empresas decidiram, após várias convergências, formar uma sociedade. A Tegra entra em metade do terreno da Helbor e vice-versa.

Ponto de ligação entre as duas metades, a rua Fortunato Ferraz deve passar por uma grande reformulação viária, bancada pelas construtoras.

A ideia é fazer uma rua-jardim, com um parque linear, espaço para ciclovias, paisagismo e equipamentos de ginástica, conta Toledo. A estrutura será aberta à população.

Para o urbanista Mário Reali, professor da Escola da Cidade e ex-prefeito de Diadema, a oferta de equipamentos públicos para o uso da cidade é característica dos bairros planejados.

"É muito positivo se você oferece equipamentos que não são apenas para os moradores. É importante que os empreendimentos dialoguem com a cidade," diz Reali.

Até agora, foram lançados dentro do Caminhos da Lapa os condomínios Home Club e o Jerivás, cada um com 400 unidades. Os apartamentos variam de 62 a 79 metros quadrados, e o preço de venda começa em R$ 558 mil. A previsão de entrega é 2019.
(...)

Repórter Rafael Andery - Folha de S. Paulo

Perfil Inteligente